sábado, 3 de março de 2012


           Andarilho mil vezes                                                                      

Andei mil milhas.
Ah! Quantas vezes 
mil milhas andei
Por estradas sem fim,
Nascendo, em auroras
E inesquecíveis arrebóis...
Varando o sol, renasci,
Varando o dia, cresci,
Com a noite me deitei,
E nas madrugadas entre
Estrelas pontilhadas, sonhei.
Vivi a lua, enluarada, amei.


Um comentário:

  1. olá Dulce, eu passei um email pra vc ha alguns dias, vc viu ?
    abracos

    ResponderExcluir